segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Gabriel Pensador: a palestra que não vi

E a Feira Pan Amazônica do Livro terminou

Caro leitor, este blogueiro está um tanto acabrunhado por não ter podido dar continuidade a série de postagens sobre a XII Feira Pan Amazônica do Livro, encerrada ontem, domingo, dia 28 de setembro, e um tanto frustrado por ter prometido para alguns leitores amigos(as) uma postagem sobre a palestra do Gabriel Pensador - acontecida dia 25 - e não ter cumprido a promessa. Mas acreditem, eu tentei, juro que tentei!
Vocês não fazem idéia da multidão que invadiu o espaço do Hangar durante a feira, e mormente naquele dia. A fila na entrada parecia a de um grande show de Rock. Chegamos, eu e minha mulher, poucos minutos antes das 20 horas - o horário de início de toda as palestras acontecidas durante a Feira - e eis que ao chegar nas escadas de acesso ao segundo piso, onde está o auditório do Hangar, encontramos dezenas de pessoas aglomeradas: ninguém subia! Reclamações, protestos e mais protestos. Os seguranças na escada estavam com ordens de não permitir a subida de ninguém. Um deles me disse que o auditório estava superlotado e suas portas fechadas. Não havia a possibilidade de entrar mais ninguém.

Gabriel, Pensador

Fiquei fulo da vida com a oportunidade perdida. Para mim o indivíduo que, numa sociedade onde a maioria se contenta apenas em reproduzir, em ser cópias de cópias, tem a coragem de se dizer "Pensador" e de adotar como sobrenome essa alcunha, merece todo meu respeito.
Pensar é um ato inerente ao ser humano, porquanto deve ser fácil, não é? Mas não é! Pensar é um ato de busca pela compreensão e conhecimento, de si e do outro, do singular e do complexo. Tem a ver com o ato matemático de comparar (pensar = pesar), de avaliar e decidir, por conseguinte, de julgar. Em sendo um ato matemático, baseia-se na lógica, na razão, em detrimento da emoção. Vê, então, como é não é tão fácil como supõe nossa vã filosofia?
Eis porque tenho grande admiração pelo trabalho do Gabriel Pensador, por suas letras bem elaboradas, refinadas até, e por seu humor cáustico, ferino. Dizer-se "Pensador" até pode soar como pretensão do Gabriel, mas a mim parece mais o humildade reconhecimento de uma responsabilidade assumida pelo artista; a responsabilidade de fazer os outros também se tornarem pensadores.
Se você ainda não conhece o blog do Gabriel Pensador, clique aqui para visitar. Recomendo que assistam ao vídeo que ele fez no Hotel Hiltom, aqui em Belém, com o artista Bule Bule.

Nenhum comentário:

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum