segunda-feira, 15 de setembro de 2008

A Esquerda da Pesquisa e à Direita da Prática

Em 2004, escrevi o artigo "À ESQUERDA DA PESQUISA À DIREITA DA PRÁTICA: UM NOVO REFERENCIAL PARA O PROFESSOR TENDO POR BASE AS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO", inicialmente como avaliação de uma disciplina do Mestrado em Educação em Ciências e Matemáticas, do NPADC/UFPA; e mais tarde como capítulo da minha Dissertação.

Recentemente me foi pedido uma cópia, e achei que talvez este material podesse ser do interesse de mais algumas pessoas, assim decidi disponibilizá-lo aqui. Assim, veja abaixo o resumo do artigo e ao final o link para download, em PDF.

Resumo Esse trabalho pretende mostrar que a utilização pedagógica das Tecnologias da Informação e da Comunicação-TIC, com ênfase no uso dos computadores conectados em rede, é capaz de promover em curto espaço de tempo, um aprendizado mais significativo do que uma jornada letiva nos moldes hegemônicos de ensino; e que por isso mesmo o professor deve rever seu papel e sua participação nesse processo milenar de transmissão de informação e de construção de conhecimentos, preparando-se para utilizar eficientemente as ferramentas tecnológicas não apenas para alargamento de seu pensamento e de sua cosmovisão, como também de seus alunos, na busca pela construção de um olhar que revele o caminho para a realização mútua. O que nos interessa destacar é a relação possivelmente estabelecida entre o conjunto de saberes considerados importantes para o professor em seu exercício profissional e a atividade de pesquisa, considerada hoje recurso indispensável ao seu trabalho.
Conceitos chave: Formação de professores, novas tecnologias na educação, mudança de paradigma.


Se desejar ler o artigo na íntegra, clique aqui.

2 comentários:

Conceição EJA disse...

Oi Franz
Comecei a fazer os cursos no NTE Niterói à época em que você escrevia o seu artigo. Desde então procuro implementar as TIC's em minha rotina de professor. Também faço uso das "pontas do compasso" como você descreveu, mesmo que o "confronto" ante as tecnologias esteja sendo pouco expressivo para as minhas turmas da EJA: creio que a falta de manutenção e conexão nas escolas seja uma maneira de se manter aquelas "cômodas e velhíssimas fórmulas" de se fazer educação...

Marilia disse...

Professor...
Que bom que trazes a cena este tema, pois quanto mas debatermos e refletirmos sobre isto mais subsidios teremos para qualificar a nossa prática no uso da tecnologia a favor da educação. Compartilho com pessoas que pensam no uso da tecnologia como ferramenta de colaboração para a construção do conhecimenot e vejo que você faz bom uso dela através do seu blog que é muito bom de conteúdo, chamando para a interação. Parabéns! Um Abraço! Marilia/Charqueadas/RS.
http://dacoloniaparaomundo.blgspot.com

No TOP BLOG 2011 ficamos entre os 100 melhores da categoria. Pode ser pouco para uns, mas para mim é motivo de orgulho e satisfação.
Sou muito grato a todos que passaram por essa rua que é meu blog e deram seu voto. Cord ad Cord Loquir Tum